6 dicas para não deixar que a afobação prejudique seu jogo | Maniacs Posts da Maniacs

6 dicas para não deixar que a afobação prejudique seu jogo

Na prática de qualquer esporte, existem vários tipos de jogadores. Tem aquele jogador tranquilão, que entra em jogo super “zen” e por outro lado, temos os competitivos, que antes do jogo começar já estão agitados.
O ideal é um meio termo: nem tão zen, nem tão pilhado. Uma dupla com esses extremos chega a ser divertida, pois, enquanto um se cobra, xinga, esbraveja, o outro não se importa e o jogo segue, criando, assim, um equilíbrio.
Não existe certo ou errado, mas, a afobação pode sim prejudicar o jogador e, consequentemente, sua dupla.

Grandes jogadores, de diversas modalidades, já foram vítimas da afobação e acabaram perdendo grande oportunidades, como é o caso do tenista Denis Shapovalov, que no início de 2020 se despediu cedo do Next Generation. O canhoto canadense admitiu ter entrado muito nervoso em quadra e alguns fãs comentaram em redes sociais que ele estaria enfrentando o problema de sempre que seria a afobação. Outro, também tenista, que perdeu grandes oportunidades em virtude desse mesmo problema, foi Rafael Nadal, que, segundo a chamada da notícia, “foi da alegria à tristeza em 3h22m”. Ele entrou em quadra tranquilo, para um jogo relativamente fácil, mas não esperava que a partida com seu oponente se tornasse uma grande batalha. Acabou perdendo o jogo de virada após permitir que a afobação tomasse conta, colocando muita força nos golpes e perdendo grandes jogadas. Com o passar do tempo, a maturidade e experiência o ajudaram a perceber que a afobação precisava ser controlada o que garantiu sua boa colocação há tanto tempo no ranking.

Mas, atletas amadores também sofrem com isso e no beach tennis não é nada diferente. Mesmo iniciando o jogo tranquilo, ao longo do set, ao perceber que o “jogo está ganho”, é muito comum que os erros apareçam. A pressa ao jogar, sem planejar a jogada, sem pensar nos movimentos e na estratégia, pode colocar tudo a perder. Então, separamos 6 dicas para não deixar a afobação prejudicar o seu jogo:

1 – Foque no presente
Evite pensar nos erros ou acertos cometidos ao longo do jogo e também no futuro. Pense em cada movimento e no que está acontecendo no momento, sem a projeção do futuro e sem pensar que o jogo está ganho ou perdido antes de acabar. Segundo o Dr. Simoni que atua na área da psiquiatria, um dos grandes maus modernos é a Ansiedade que pode levar a depressão, portanto, é importante manter o controle do desejo de estar em algum lugar que não seja o presente.

2 – Respire
Sim, a respiração é um fator muito importante para antes, durante e depois do jogo mantendo um equilíbrio constante.

3 – Concentração
Seus pensamentos podem se tornar grande inimigos, então, evite o excesso de pensamentos que podem trazer grande ansiedade e concentre-se no que está fazendo, movimentos, respiração e objetivos.

4 – Pensamento positivo
Novamente vamos ao grande vilão: nosso pensamento. Portanto, se for para pensar, que sejam pensamentos positivos, isso vai te deixar mais tranquilo.

5 – Não olhe pra fora
Mantenha o foco no jogo. Não deixe que pessoas ou acontecimentos externos, fora do jogo, façam você perder a concentração, pois isso só vai prejudicar a você mesmo.

6 – Meditação
A meditação ajuda esportistas dos mais variados esportes a manterem a concentração e entrarem no jogo mais tranquilos. Para quem nunca praticou essa técnica, existem aplicativos que ensinam e ajudam a meditar.

Um dos grandes erros cometidos no beach tennis é iniciar uma partida achando que o jogo é fácil, pois uma dificuldade pode levar a frustração e além disso, entrar achando que o jogo está ganho pode levar ao erro. Portanto, é importante lembrar sempre que só se ganha jogando. Quanto mais focado o jogador estiver, melhor será seu desempenho e vai poupar energia extra gasta por excesso de ansiedade ou adrenalina.

Jogar tranquilo ajuda a liberar, ao final do jogo hormônios como endorfina, ocitocina e dopamina que auxiliam no combate ao estresse, depressão e ansiedade, além de trazer a sensação de felicidade e prazer.

O grande trunfo dos melhores jogadores é a regularidade. O equilíbrio emocional é fundamental para não deixar tristezas ou alegrias interferirem na concentração durante o jogo para que você faça uma excelente partida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Como posso te ajudar?